Um menino de 9 anos teria sido estuprado pelo primo de 25 anos em São Mateus, região Norte do Estado.

A assistente social do Hospital Roberto Silvares chamou a polícia após uma mulher aparecer com seu filho de nove anos, alegando que havia sido vítima de estupro.

Ao chegarem no Hospital, a assistente social levou os policiais até a mãe da criança. Ao ser questionada sobre o que teria ocorrido, a mãe contou que havia saído e deixado o filho na frente de casa.

Após retornar, viu que seu filho não estava no local. A mãe então, entrou na casa de seu sobrinho, um homem de 25 anos, e lá encontrou a criança.

A mãe relatou aos policiais que um líquido semelhante a esperma, escorria pelas pernas do filho e ao retirar o short que ele vestia e abrir as nádegas, percebeu que ele estava machucado e também havia um líquido semelhante a esperma.

Ao questionar o filho o que havia acontecido, a criança acusou o primo de tê-lo abusado sexualmente. Os policiais foram até a casa do acusado, que não apresentou resistência e ele este foi conduzido ao DPJ de São Mateus para prestar esclarecimentos.

A reportagem não conseguiu obter informações sobre o acusado junto à Polícia Civil.

Comentários no Facebook