reud-1200x545_cPreocupado com o alto índice de desemprego e atendendo a um recorrente questionamento da população local, o vice-presidente da Câmara de Mucuri, Aguinaldo do Sem Teto (PT) convocou uma reunião entre o Legislativo mucuriense e a diretoria da Suzano Papel e Celulose. O encontro aconteceu nesta quinta-feira (9), na sala de comissões da Câmara, contando com a presença de todos os vereadores. Representando a Suzano participaram a diretora de comunicação, Wilzelene Gonçalves, e o gerente André Rocha Vieira de Brito. O Poder Executivo também se fez presente na pessoa do vice-prefeito Fernando Jardim, e do secretário municipal de Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Francisco Luiz.

De acordo com dados fornecidos pela Suzano, a empresa conta hoje com 909 colaboradores efetivos com residência no município de Mucuri, o que representa 35% do total. Entre março de 2016 e fevereiro de 2017 foram contratados 1.524 trabalhadores de Mucuri, entre fixos, projetos e PG (Parada Geral), uma média de 28% do total.

Esses e outros números foram prontamente apresentados pela empresa após solicitação feita pela Câmara de Mucuri, através de ofício assinado pelos 13 vereadores, que pedia esclarecimentos sobre os dados e os critérios utilizados para a contratação de mão de obra local.

Durante a reunião, o questionamento maior dos vereadores rondou em torno das contratações realizadas por empresas terceirizadas, que prestam serviços à Suzano. Os parlamentares quiseram saber porque muitas dessas empresas contratadas preferem trazer empregados de outros municípios, tendo custo com transporte e moradia, a contratar mão de obra local. André Rocha explicou que há um direcionamento por parte da Suzano para que a contratação seja prioritariamente de pessoas oriundas do município.

O tema ainda será amplamente debatido pelos parlamentares. Os vereadores querem melhorar os números apontados no alto índice de desemprego, e tem ouvido diferentes setores (Poder Executivo, jurídico, privado) para encontrar soluções viáveis e legais para a solução do impasse. Uma das propostas levantada pelos vereadoresé retomar Projeto de Lei que tramita na casa e que visa a otimização da contratação de mão de obra local por parte de empresas e suas contratadas no município de Mucuri. Os parlamentares estão estudando o Projeto e em breve apresentarão à comunidade.

Para o presidente da Câmara, Zé do Boi, o momento é de unir esforços para encontrar um resultado satisfatório. “É importante deixar claro para a população de Mucuri que esta Casa está muito preocupada com a questão da geração de empregos no nosso município. É tanto, que estamos realizando esta reunião com a Suzano hoje, e estaremos realizando outras mais com outras empresas instaladas no nosso município. Aqui presente está o Executivo, com a presença do Vice-Prefeito e do Secretário de Indústria. Está aqui o Legislativo, o Executivo e o setor privado discutindo formas de solucionar os problemas que encontramos no nosso município. Tudo isso é a resposta que nós vereadores estamos dando para a população. Mas é preciso um pouco de calma até chegarmos a uma solução viável para todos. Mas o importante é que a população saiba que nós estamos em busca de uma solução”, opinou. (Informações: Flávio Poubel)

Comentários no Facebook