quarta-feira , 26 julho 2017

Vereadores pedem esclarecimentos à Suzano sobre contratação de mão de obra local

reud-1200x545_cPreocupado com o alto índice de desemprego e atendendo a um recorrente questionamento da população local, o vice-presidente da Câmara de Mucuri, Aguinaldo do Sem Teto (PT) convocou uma reunião entre o Legislativo mucuriense e a diretoria da Suzano Papel e Celulose. O encontro aconteceu nesta quinta-feira (9), na sala de comissões da Câmara, contando com a presença de todos os vereadores. Representando a Suzano participaram a diretora de comunicação, Wilzelene Gonçalves, e o gerente André Rocha Vieira de Brito. O Poder Executivo também se fez presente na pessoa do vice-prefeito Fernando Jardim, e do secretário municipal de Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Francisco Luiz.

De acordo com dados fornecidos pela Suzano, a empresa conta hoje com 909 colaboradores efetivos com residência no município de Mucuri, o que representa 35% do total. Entre março de 2016 e fevereiro de 2017 foram contratados 1.524 trabalhadores de Mucuri, entre fixos, projetos e PG (Parada Geral), uma média de 28% do total.

Esses e outros números foram prontamente apresentados pela empresa após solicitação feita pela Câmara de Mucuri, através de ofício assinado pelos 13 vereadores, que pedia esclarecimentos sobre os dados e os critérios utilizados para a contratação de mão de obra local.

Durante a reunião, o questionamento maior dos vereadores rondou em torno das contratações realizadas por empresas terceirizadas, que prestam serviços à Suzano. Os parlamentares quiseram saber porque muitas dessas empresas contratadas preferem trazer empregados de outros municípios, tendo custo com transporte e moradia, a contratar mão de obra local. André Rocha explicou que há um direcionamento por parte da Suzano para que a contratação seja prioritariamente de pessoas oriundas do município.

O tema ainda será amplamente debatido pelos parlamentares. Os vereadores querem melhorar os números apontados no alto índice de desemprego, e tem ouvido diferentes setores (Poder Executivo, jurídico, privado) para encontrar soluções viáveis e legais para a solução do impasse. Uma das propostas levantada pelos vereadoresé retomar Projeto de Lei que tramita na casa e que visa a otimização da contratação de mão de obra local por parte de empresas e suas contratadas no município de Mucuri. Os parlamentares estão estudando o Projeto e em breve apresentarão à comunidade.

Para o presidente da Câmara, Zé do Boi, o momento é de unir esforços para encontrar um resultado satisfatório. “É importante deixar claro para a população de Mucuri que esta Casa está muito preocupada com a questão da geração de empregos no nosso município. É tanto, que estamos realizando esta reunião com a Suzano hoje, e estaremos realizando outras mais com outras empresas instaladas no nosso município. Aqui presente está o Executivo, com a presença do Vice-Prefeito e do Secretário de Indústria. Está aqui o Legislativo, o Executivo e o setor privado discutindo formas de solucionar os problemas que encontramos no nosso município. Tudo isso é a resposta que nós vereadores estamos dando para a população. Mas é preciso um pouco de calma até chegarmos a uma solução viável para todos. Mas o importante é que a população saiba que nós estamos em busca de uma solução”, opinou. (Informações: Flávio Poubel)

Além disso, verifique

PM flagra grupo traficando drogas durante evento festivo em Nova Viçosa

Neste domingo, dia 23 de julho, no circuito da Festa da Baleia, em Nova Viçosa, …

Comentários no Facebook