terça-feira , 25 julho 2017

Dois jovens são executados com tiros na cabeça em Itabatã

doisd2-1200x545_cDois rapazes foram encontrados mortos na manhã deste domingo (24/04), nas proximidades de um conjunto habitacional, no final da rua Sete Lagoas, numa via pública que liga os bairros Bela Vista e Jardim dos Eucaliptos, em Itabatã, distrito do município de Mucuri.

Conforme o delegado Jorge Nascimento, que comandou o plantão regional de homicídios da 8ª Coordenadoria da Polícia Civil (Coorpin) neste último final de semana e que atendeu a ocorrência, os dois jovens foram identificados como sendo Leonardo Silva Medeiros, o “Léo”, 24 anos, oriundo de Pedro Canário/ES., e Rafael de Jesus da Conceição, o “Eré”, 19 anos, natural de Nova Viçosa. Ambos residiam no bairro Triângulo Leal, em Itabatã.

Segundo o perito criminal Paulo Libório, autoridade científica da Polícia Técnica de Teixeira de Freitas que comandou os trabalhos de criminalística legal no local do duplo homicídio, os rapazes foram mortos a tiros. Sendo que Rafael foi alvejado com único disparo na cabeça, na região da orelha direita e Leonardo atingido com dois tiros, também na cabeça, na região da nuca. O perito Paulo Libório informou que o crime foi uma dupla execução de forma clássica e que no local não foram encontradas cápsulas de arma de fogo.

O delegado Jorge Nascimento, do plantão regional de homicídios, disse que ficou característico que as vítimas foram emboscadas após terem sido atraídas por “parceiros” para o local do crime, seduzidas possivelmente para uso de entorpecentes e chegando ao lugar os dois acabaram mortas pelos próprios companheiros. E que a arma utilizada no crime possivelmente tenha sido um revólver calibre 38.

O delegado Samuel Martins, titular da Polícia Civil de Mucuri, informou que o Rafael já havia sofrido ameaça de morte dos seus próprios comparsas, onde recentemente teve sua casa invadida por elementos desconhecidos e como não encontraram o alvo, deixaram recado com sua família que o mesmo seria morto assim que fosse localizado. E a própria vítima se recusava a informar à polícia quem estaria interessado na sua morte. A polícia acredita que o crime está ligado a uma queima de arquivo ou acerto de contas.  (Por Athylla Borborema).

Além disso, verifique

HOMEM É PRESO COM TABLETE DE MACONHA EM PINHEIROS

Um homem de 31 anos foi preso pelos Agentes do Serviço de Inteligência do 2º …

Comentários no Facebook