quinta-feira , 20 julho 2017

Descubra as praias da paradisíaca Ilha de Barra Velha em Nova Viçosa

barrad3-1200x545_cO município de Nova Viçosa é um lugar fascinante por causa da sua gente hospitaleira e das suas belezas naturais encantadoras com belas praias e gastronomia diversificada. O município é um dos mais importantes do verão da Bahia. A cidade é conhecida como “praia dos mineiros” porque tem praias que são as preferidas da população de Minas Gerais e recebe gente de toda parte do país nesta época do ano. A cidade ainda, além do Réveillon e Carnaval, oferece muitos shows artísticos e barracas todos os finais de semana do verão.

Mas Nova Viçosa atrai mesmo é por causa das suas lindas praias, ótimas hospedagens e inúmeras opções de passeios marítimos que motivam as pessoas a deleitar-se de mais dias de férias na cidade. O que muita gente não sabe é que apenas a 8 km da sede e ao litoral norte do município existe um paraíso deslumbrante de deixar qualquer pessoa fascinada. A ilha de Barra Velha habitada por pessoas de uma mesma família está situada entre o oceano atlântico e as águas do rio Peruípe.

Praia da Barra Velha: Praia praticamente virgem, que apresenta um cenário paradisíaco. Suas águas mansas e cristalinas são ótimas para a prática de inúmeros esportes náuticos. Por ser praticamente deserta, muitos visitantes praticam o nudismo em uma boa faixa de suas areias alvas. Sua natureza exuberante formada por manguezais, restingas e Mata Atlântica, a ilha fica separada da cidade por meio dos lagos formados pelo Rio Peruípe. Na sua face sul, a paisagem muda um pouco, com a ocorrência de vastos manguezais.

Para chegar à ilha de Barra Velha o caminho só é possível de barco. Os passeios saem do Porto de Nova Viçosa geralmente às 09h e retorna às 15h. Mas dependendo da vontade do grupo, o horário fica a combinar com o piloto da embarcação. São pequenas escunas que fazem o passeio para ilha, levando de 10 a 15 pessoas. A navegação é sempre feita pelo rio e o percurso é feito em 50 minutos. O passeio custa R$ 30,00 por pessoa.barrad1Durante a viagem você desfruta de belíssimas paisagens e trafega por várias ilhas e manguezais que abrigam inúmeras espécies de crustáceos que fazem espetáculos aos seus olhos. Chegando a Ilha de Barra Velha você encontra uma praia deserta e fascinante. A única barraca do local, a “Barraca do Tonho” lhe oferece almoço e bebidas. Os pratos principais são as moquecas de peixe e galinha caipira.

Mais muitos visitantes vão à ilha de Barra Velha já recomendados para comer o famoso guaiamum da Barraca do Tonho. São guaiamus gigantes ao preço de R$ 10,00; R$ 12,00; R$ 15,00 e até R$ 20,00. Além do coqueiral, a praia oferece sombra aos visitantes e é um local propício para meditar e relaxar apenas ao som da maré. A energia elétrica ainda não chegou por lá. O único veículo de comunicação dos seus poucos moradores é somente o rádio de pilha. O gelo para resfriar as bebidas da barraca de praia, é buscado de barco na cidade de Nova Viçosa. Só assim dá para entender porque a ilha de Barra Velha, em Nova Viçosa, é realmente um paraíso.

A pequena poção de terra que mede o equivalente a 60 hectares que compreende a Ilha de Barra Velha pertence a uma mesma família há cerca de 200 anos. O atual patriarca daqueles habitantes é o produtor rural Domingos Correia do Nascimento, 95 anos. Há sete anos ele ficou viúvo da dona Maria Rosa, 76 anos. Juntos tiveram 13 filhos, 59 netos, 26 bisnetos e 7 tataranetos.barrad2Todos os familiares do senhor Domingos Correia estão radicados em suas terras. Quem desembarca na Ilha de Barra Velha é recepcionado pelo próprio dono do lugar. O senhor Domingos é um ancião carismático, contador de caos, lúcido e muito divertido. Quando jovem ele foi piloto da Marinha Brasileira, no Rio de Janeiro. Largou a cidade grande para retornar à ilha, no intuito de cuidar das terras deixadas pelos seus pais, onde manteve a sua árvore genealógica constituindo uma família ainda maior.

Em frente à ilha de Barra Velha é possível avistar o pequeno arquipélago de Coroa Vermelha, uma pequena ilha sobre o oceano atlântico e a 14 km da costa, pertencente ao território de Nova Viçosa. Mas partindo do Porto de Pesca da cidade de Nova Viçosa, são 22 km de navegação e conforme as condições do tempo, a viagem de escuna pode durar até duas horas e meia sobre as águas do mar. A área verde do arquipélago de Coroa Vermelha é do tamanho de um campo de futebol, mas se você tiver a sorte de visitá-la na maré baixa, terá a chance de usufruir do local em um espaço bem mais amplo em terra firme. (Por Athylla Borborema)

 

Além disso, verifique

Recursos podem garantir Lula na disputa pela Presidência em 2018

Brasília – Nem mesmo uma eventual condenação no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) pode …

Comentários no Facebook