quinta-feira , 27 julho 2017

Acusado de assassinar empresário Vitor Aguiar tem prisão revogada pela Justiça em Teixeira de Freitas

prachedesd-1200x545_cO juiz Humberto José Marçal, titular da 1ª Vara do Sistema do Juizado Especial e 1º substituto da Única Vara Criminal da comarca de Teixeira de Freitas, revogou no final da tarde desta quinta-feira, dia 4 de fevereiro, o mandado de prisão preventiva de Renilton Prachedes Rodrigues, de 20 anos, acusado pela polícia de atirar e matar o empresário Vitor Aguiar Antônio, 30, crime ocorrido na madrugada do dia 19 de dezembro de 2015, na casa da vítima, localizada à rua Tapajós, no bairro Universitário, na região sul de Teixeira de Freitas.

A decisão de Marçal aconteceu após o mesmo reanalisar os fatos no pedido feito pelos advogados do acusado. A decisão do magistrado foi entregue pelos oficiais de Justiça à Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas (DEPOL), no início da noite desta mesma quinta, dia 4 e a libertação do preso é imediata. A partir de agora Prachedes continua respondendo à acusação, porém em liberdade.

O delegado Marcus Vinícius, coordenador da 8ª Coorpin e presidente do inquérito do caso, disse que deve remeter o inquerito devidamente concluído à Justiça em no máximo 20 dias. E o tempo inicial que o acusado permaneceu preso na fase inquisitória foi o suficiente para produzir toda a prova necessária e concluir as investigações com a própria contribuição do indiciado.

O tiro

O crime aconteceu no início da madrugada de sábado, dia 19 de dezembro de 2015, quando o jovem empresário Vitor Aguiar Antônio, de 30 anos, então dono da Concessionária Hyundai de Teixeira de Freitas, recebia alguns amigos numa de suas casas que fica na divisa entre os bairros Kaikan e Universitário, e foi alvejado com um tiro de revólver calibre 38, disparado pelo lado de fora de um dos portões do imóvel. O assassino efetuou um disparo contra o portão e como o mesmo estava logo atrás da estrutura, acabou atingido. Aguiar chegou a ser socorrido com vida ao Hospital Sobrasa de Teixeira de Freitas, mas acabou não resistindo e morreu pouco tempo depois pelas complicações provocadas pelo projétil da arma, que atingiu-lhe o pulmão. (Por Ronildo Brito)

Além disso, verifique

Menino de 8 anos morre atropelado por trator em Linhares

Um menino de 8 anos morreu atropelado por um trator na fazenda onde a família …

Comentários no Facebook