quarta-feira , 26 julho 2017

Ministério Público determina arquivamento de investigações contra Fiorot e outros prefeitos do Es

fiorotO Ministério Público Estadual (MPES) determinou o arquivamento dos procedimentos administrativos contra os prefeitos Joadir Lourenço Marques (PSDB), de Laranja da Terra; e Antônio Wilson Fiorot (PSB), de Pedro Canário. As investigações eram conduzidas pelo procurador de Justiça Especial, Fábio Vello Corrêa. As decisões foram publicadas na edição desta terça-feira (15) do Diário Oficial do Estado.

Consta nos autos do processo (MP 20490/2014) que o prefeito tucano era investigado pela suposta prática do uso de bens e serviços públicos em benefício de particular. No entanto, Fábio Vello concluiu pela falta de justa causa para o oferecimento de denúncia,em função da falta de provas que e denotem a prática de ilícito penal. O processo teve origem em um inquérito policial instaurado após o flagrante de servidores públicos trabalhando na construção de obra particular.

No caso dos autos do processo (MP 19962/2015), o órgão ministerial apurava supostas irregularidades na prestação de contas do prefeito de Pedro Canário, no que toca à responsabilidade de obrigação no último ano de mandato e uso indevido de recursos destinados à educação. Na decisão, o procurador Fábio Vello decidiu pelo arquivamento das investigações, uma vez que a matéria não teria sido alvo sequer de análise conclusiva pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele considerou ainda que, em caso de indícios de irregularidades, o Ministério Público de Contas (MPC) tomará as medidas judiciais cabíveis.

Além disso, verifique

PM flagra grupo traficando drogas durante evento festivo em Nova Viçosa

Neste domingo, dia 23 de julho, no circuito da Festa da Baleia, em Nova Viçosa, …

Comentários no Facebook