quarta-feira , 26 julho 2017

Mayra Brito passa na “berlinda” e por pouco não tem contas rejeitadas pelo TCM

O tribunal de Contas dos Municípios, na tarde desta quinta-feira (19/11), aprovou com ressalvas as contas da prefeita de Prado, Mayra Pires Brito, relativas ao exercício de 2014. O relator do parecer, conselheiro Paolo Marconi, proferiu voto pela rejeição das contas, vez que a gestora não promoveu a redução da despesa total com pessoal nos moldes e prazos estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal, mas foi vencido pelos votos de três outros conselheiros presentes à sessão.

A maioria dos conselheiros entendeu não ser razoável a aplicação neste momento da punição máxima de rejeição das contas, considerando o esforço empreendido pela gestora para reduzir os referidos gastos. Porém, a prefeita foi advertida de que a não recondução das despesas nos prazos legais previstos no exercício de 2015 poderá ensejar a rejeição das contas.

A relatoria aplicou multa de R$ 4.000,00, em razão das irregularidades relacionadas no relatório técnico. Também foi determinando o ressarcimento de R$30.953,00 aos cofres municipais, com recursos pessoais, pela realização de despesas com publicidade sem comprovação da sua efetiva publicação. (Da redação TN)

Além disso, verifique

PM flagra grupo traficando drogas durante evento festivo em Nova Viçosa

Neste domingo, dia 23 de julho, no circuito da Festa da Baleia, em Nova Viçosa, …

Comentários no Facebook