quinta-feira , 27 julho 2017

Mulheres teixeirenses se unem para discutir o fim da violência contra a mulher

Stop Poverty

Você conhece alguma mulher que já sofreu, ou ainda sofre algum tipo de violência? Seja ela física ou moral, em casa, na rua ou no ambiente de trabalho, a violência de gênero é uma realidade que precisa ser discutida e enfrentada.

Com esse objetivo o grupo de mulheres SM, da PIBATEF (Primeira Igreja Batista de Teixeira de Freitas), vai realizar um bate-papo para reflexão e enfrentamento na noite de segunda-feira (30), às 19h30, no auditório da Igreja.  O evento será aberto à comunidade e todas as mulheres teixeirenses estão convidadas.

Já confirmaram presença a delegada Andressa Carvalho da Delegacia da Mulher (DEAM), a psicóloga Josemary Andrade, a coordenadora do CEAM (Centro Especializado de Atendimento à Mulher em Situação de violência) Cristiane Martins Reis Araújo, a advogada Lívia Wardi e  a ginecologista Janine Maria Vargas, possibilitando uma discussão ampla e muito rica.

O evento, que é o 8º Encontro do Grupo SM, escolheu a tema em alusão ao Dia 25 de Novembro, que é o Dia Internacional de Luta contra a Violência sobre a Mulher, instituída, em 1999, pala Organização das Nações Unidas (ONU).

Em 25 de Novembro de 1991 teve início a Campanha Mundial pelos Direitos Humanos das Mulheres, sob a coordenação do Centro de Liderança Global da Mulher, que propôs 16 Dias de Ativismo contra a Violência sobre as Mulheres.

A violência doméstica, nas suas manifestações física, sexual e psicológica, é um problema de saúde pública, relevante pela magnitude do número de vítimas, bem como pela enorme quantidade de recursos despendidos.

O combate à violência contra a mulher exige ações integradas em diversos níveis, áreas e instâncias. Como problema público, exige políticas públicas, decididas e devidamente apoiadas. As mulheres têm de continuar a trabalhar para conquistarem espaços de cidadania, fazendo valer os seus direitos e ter uma maior participação nas políticas públicas.

 Por: Michele Ribeiro

Além disso, verifique

EDP Espírito Santo leva capacitação gratuita para educadores de Pedro Canário

Projeto da EDP Espírito Santo capacitará 145 educadores sobre uso eficiente e seguro da energia …

Comentários no Facebook