sábado , 22 julho 2017

Mais de 40 planos de saúde estão com venda suspensa a partir desta quinta-feira. Veja a lista completa

Plano saude suspensoA partir desta quinta-feira (19), começa a valer a suspensão da venda de 43 planos de saúde de 16 operadoras. Os planos foram suspensos por descumprirem os prazos máximos de atendimento aos usuários e outras reclamações, como negativa indevida de cobertura.

A medida foi anunciada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) no último dia 13. Enquanto perdurar a suspensão, as operadoras ficam impedidas de receber novos beneficiários nesses planos até comprovarem melhoria da assistência. O atendimento permanece normal para quem já é cliente dos planos.

As operadoras que negaram indevidamente cobertura aos clientes, além da interrupção na venda, podem ser multadas de R$ 80 mil a R$ 100 mil.

A ANS faz o acompanhamento da garantia do atendimento do beneficiário e dos prazos máximos desse atendimento para consultas, exames e cirurgias. Este monitoramento junto às operadoras de planos de saúde é permanente e contínuo e a divulgação dos dados apurados é feita pela ANS a cada três meses.

A suspensão da comercialização dos planos mais reclamados ocorre pelo descumprimento reiterado por parte das operadoras dos prazos máximos para realização de consultas, exames e cirurgias e por negativa de cobertura assistencial aos beneficiários de planos de assistência médica e odontológica.


Metodologia

O Monitoramento é feito com base nas reclamações recebidas pela ANS e na quantidade de beneficiários das operadoras dos planos de saúde, que são analisadas conforme o tipo de mercado em que atuam.

Processada de forma eletrônica e sistematizada – segundo critérios estritamente objetivos, pré-definidos e publicados nos normativos – a análise comparativa apresenta aquelas operadoras que estiverem na pior situação possível nos últimos dois períodos e têm suspenso o direito de comercializar os produtos mais reclamados até que apresentem resultados melhores, alcançando, então, a reativação.

Consequências da Suspensão da Comercialização:

Quando uma operadora de plano de saúde está com produto com comercialização suspensa em decorrência do Monitoramento da Garantia de Atendimento:

  • não poderá registrar nenhum novo produto que seja análogo aos que estiverem na lista de suspensão (Vide §3º do artigo 12-A da RN nº 259);
  • não poderá receber novos beneficiários nos planos de saúde com comercialização suspensa por esse motivo (com exceção de novo cônjuge ou filho e de ex-empregados demitidos ou aposentados, na forma da regulamentação).

 

Além disso, verifique

Conflito no mar da Bahia tem novo capítulo após Fibria não cumprir acordo com pescadores artesanais

No dia 01 de Julho informamos  sobre um conflito envolvendo a papeleira Fibria Celulose e pescadores …

Comentários no Facebook