terça-feira , 25 julho 2017

Prefeitura desmente boatos sobre roubo de uniformes de agentes da dengue que rolaram nas redes sociais

agentes de combate à dengue
agentes de combate à dengue

Uma mensagem tem circulado pelas redes sociais alertando as pessoas para tomarem cuidado com falsos agentes da dengue. Na mensagem uma pessoa relata o roubo de uniformes e materiais dos agentes deVitória. Na tarde desta quarta-feira (09), a Prefeitura de Vitória (PMV) desmentiu o boato.

De acordo com o Centro de Vigilância em Saúde Ambiental (CVSA), responsável pelas equipes de endemias, não ocorreu furto ou roubo que justificasse o conteúdo das mensagens. A Polícia Militar do Estado já está ciente do fato e está tomando as providências para investigar a origem do texto.

O trabalho dos agentes de combate às endemias é muito importante para o controle e combate dos mosquitos da dengue. Eles realizam inspeções criteriosas em depósitos, terrenos baldios, caixas d’água, calhas, telhados e no interior das residências.

Além disso, aplicam larvicidas e inseticidas quando necessário e orientam a população a respeito da prevenção e controle de doenças como dengue, chagas, leptospirose e raiva.

Identificação

Ao receber um agente de combate às endemias, o morador deve observar algumas particularidades. O agente da Prefeitura de Vitória deve se apresentar com uniforme nas cores azul e cinza, portando crachá de identificação como servidor da Semus e bolsa com material de campo.

Visita

Nas casas, a visita deve ser realizada inicialmente pela parte dos fundos do quintal, vistoriando detalhadamente todos os espaços, inclusive calhas, árvores e muros, dando maior atenção aos reservatórios de água. No decorrer da visita, juntamente com o responsável pelo imóvel, o agente deve orientar e avaliar as situações de risco, remanejando e eliminando os recipientes que possam acumular água e ou que não tenham utilidade. O agente deverá tratar corretamente com larvicida aqueles recipientes que não puderem ser eliminados.

Na parte interna do imóvel, o agente deve ir a todos os cômodos, sempre em companhia do responsável, orientando sobre medidas preventivas. Em caso de algum familiar apresentar sintomas da doença, o agente irá orientar sobre a necessidade de buscar atendimento médico em uma unidade de saúde.

Ainda no imóvel, o agente deve registrar os dados da visita nos formulários de campo, bem como assinar a ficha de visita domiciliar que usualmente está afixada atrás da porta da cozinha ou banheiro.

Além disso, verifique

Conflito no mar da Bahia tem novo capítulo após Fibria não cumprir acordo com pescadores artesanais

No dia 01 de Julho informamos  sobre um conflito envolvendo a papeleira Fibria Celulose e pescadores …

Comentários no Facebook