quarta-feira , 18 janeiro 2017

GUSTAVO ALERTA PARA RISCO DE SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA OU CALAMIDADE PÚBLICA POR CAUSA DA ESTIAGEM PROLONGADA

jair gustavoAprovado na Sessão desta terça-feira (19) da Câmara de Mucuri o Pedido de Providências nº 044/2016, autoria do vereador Jair Gustavo Bittencour Garcia (PSDB), que cobra providências relativas à necessária decretação de calamidade pública ou estado de emergência no Município, em decorrência da seca.

Segundo Gustavo, em reuniões com agricultores, Conselho de Agricultura, Prefeitura Municipal (Secretaria de Meio Ambiente)  e técnicos do município de Mucuri, para apresentação do laudo técnico agroclimático, elaborado pela CEPLAC e estudo do IMET( Instituto Nacional de Meteorologia), sobre a disponibilidade hídrica e produtividade no setor agropecuário, há dados incontestáveis que amparam a necessidade de que o Poder Executivo decrete situação de calamidade pública ou estado de emergência devido à seca prolongada na região, sem contar o fato de que estamos em período de estiagem.

Em relatório apresentado e pesquisa realizada, constam informações preocupantes pela insuficiência das chuvas, que causam graves consequências para os produtores com a escassez de água nos reservatórios hídricos da zona rural, tornando evidente o estado de emergência no setor agropecuário devido às perdas acentuadas de produção nas culturas anuais e perenes e na produção de leite, carne etc.

Segundo o chefe do escritório local da CEPLAC, Pedro Correia Leite, “para se ter uma ideia da situação, basta analisar a média das chuvas no município, captadas pelo pluviômetro da CEPLAC, instalado no escritório da empresa na sede do município, que constata o déficit hídrico aumentado este ano”.

De acordo com o laudo e estudos do IMET (Instituto Nacional de Meteorologia), podemos observar que a má distribuição de chuvas e o aumento da insolação tem causado perdas aos produtores em suas lavouras com baixa produtividade e diminuição na renda familiar, observamos que, como relata o representante da Ceplac, o equipamento está localizado na sede do município e próximo ao litoral, o que revela que a maior parte do território do município que se encontra mais afastado tem menor índice pluviométrico ainda, segundo estudo do IMET em torno de +/- 700 mm anuais, considerado como seco.

Em sua justificativa, Jair Gustavo ressalta: “Esperamos, com a publicação do referido decreto municipal, o encaminhamento de propostas relevantes que envolverão ações dos governos municipal, estadual e federal, tragam soluções para os agricultores que venham amparar suas perdas na produção e diminuir suas dívidas por meio de anistia dos financiamentos”.

O Vereador explica que, entre as medidas de curto, médio e longo prazo a serem debatidas, estão a capacitação dos agricultores, contratação de horas máquinas e agilidade nos processos

Além disso, verifique

ze-boi

Boa gestão garante mais um mandato de presidente de Ze Do Boi na camara de Mucuri

O vereador Jose Mendes Fontoura, o Zé Do Boi foi eleito para mais um mandato …

Comentários no Facebook