sexta-feira , 20 janeiro 2017

Crianças são libertadas após serem acorrentadas por tia e somem em Itabatã

correntes_criancasDois meninos de sete e nove anos estão desaparecidos no distrito de Itabatã, no município de Mucuri, no sul da Bahia, desde o domingo (27), após serem libertados por vizinhos depois de terem os pés acorrentados pela tia. De acordo com o Conselho Tutelar da cidade, a parente, que cuidava das crianças, contou que amarrou os meninos porque eles costumavam praticar roubos e precisou viajar no sábado (26) para a cidade de Itamaraju.

Segundo a conselheira tutelar Maria D’Ajuda Oliveira da Silva, as crianças conseguiram sair de casa e andaram cerca de 30 metros na manhã de domingo (27), quando as correntes foram retiradas pelos vizinhos. Integrantes do conselho chegaram a fazer buscas pela região no domingo, mas não conseguiram localizar os meninos.

De acordo com a conselheira, a tia das crianças já havia procurado o órgão relatando que eles tinham roubado bicicletas. “Eles foram orientados pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centro de Referência de Assistência Social (Cras)”, conta Maria D’Ajuda.

A retirada das correntes pelos vizinhos chegou a ser filmada e publicada na internet, mas, conforme a conselheira, a pessoa que realizou a filmagem ainda não foi localizada. O caso foi denunciado ao conselho por meio de denúncia anônima por telefone, no domingo.

A tia das crianças retornou de Itamaraju à Mucuri ainda no domingo e foi ouvida pelo conselho. “A tia, que é lavradora, relatou que tinha que viajar e, para as crianças não fugirem, decidiu acorrentar. Eles roubavam e ela diz que não conseguia conter a situação”, conta Maria D’Ajuda. Segundo a conselheira, a parente cuida dos menores porque a mãe tem problemas com álcool e o pai morreu.

Segundo Maria D’Ajuda, o desaparecimento e a denúncia de maus tratos contra as crianças serão informados à delegacia da cidade nesta segunda (28).

Além disso, verifique

delegacia-jp

Mulher pula de segundo andar para fugir de agressão do marido

Uma mulher pulou do segundo andar de uma casa para fugir das agressões do marido …

Comentários no Facebook