sábado , 3 dezembro 2016

Alcobaça: Prefeitura atribui à carreta causa de acidente com estudantes; dois feridos estão internados em Teixeira de Freitas

escolard3A prefeitura Municipal de Alcobaça acaba de divulgar uma Nota à imprensa com o boletim parcial sobre o acidente entre um ônibus escolar proveniente do povoado de Taquari e uma carreta de eucalipto.

De acordo com as informações do município o veículo com 30 pessoas a bordo (28 alunos e 02 professoras) seguia do distrito do Taquari em direção à sede quando tombou ao tentar desviar de uma carreta de eucalipto da Júlio Simões – prestadora de serviços da Fibria Celulose – que teria quebrado o eixo e perdido o controle na estrada ao fazer uma curva.

Ainda segundo a Nota “na tentativa de evitar uma batida frontal – o que seria uma tragédia maior – o motorista do ônibus escolar jogou o veículo para o acostamento, mas, infelizmente, acabou tombando”.

Os estudantes com ferimentos leves (maioria) foram levados para o Hospital São Bernardo, na própria cidade de Alcobaça.

Feridos mais gravesescolard21Um menino de 11 anos e uma menina de 16 foram transferidos para Teixeira de Freitas. Segundo a Prefeitura de Alcobaça o garoto está em estado grave com possível diagnóstico de traumatismo craniano e a adolescente de 16 anos teve uma fratura séria no braço.

“Outras duas crianças com cortes na cabeça estão em observação e devem ser transferidas para Teixeira de Freitas”, completa.

Também nesta sexta-feira, dia 4 de março, a empresa dona da carreta envolvida no acidente divulgou uma nota, relatando as providências do Grupo em relação ao ocorrido. “A JSL lamenta o acidente ocorrido nesta manhã na Rodovia BA 001, próximo à cidade de Aparajú, distrito de Alcobaça, envolvendo um caminhão que transportava madeira e um ônibus escolar. Equipes da Polícia Rodoviária e do Corpo de Bombeiros, contando com o apoio de colaboradores da JSL, estão no local atuando no atendimento e transporte dos feridos para hospitais da região. O motorista possui os treinamentos profissionais em dia, como estrada segura, direção defensiva, análise preliminar de risco, prevenção contra uso de álcool e drogas, entre outros. A empresa está colaborando para a apuração das causas do acidente e está em contato com a família dos estudantes para auxiliar no que for possível neste momento”.

O documento foi produzido pela GWA Comunicação Integrada, que demonstra não conhecer a região, ao classificar o povoado de Aparajú como cidade. A Júlio Simões não respondeu aos questionamentos do Teixeira News, sobre sua versão para a ocorrência do acidente. A Prefeitura de Alcobaça afirmou em Nota que foi a carreta que provocara a saída de pista e o capotamento do ônibus. (Por Ronildo Brito – MTb-0342-BA)

Além disso, verifique

imagem_noticia_5

Zezé di Camargo volta a fazer polêmica em rede social e acusa Wanessa de ‘ingrata’; entenda

O cantor Zezé di Camargo não se cansa de expor sua família nas redes sociais. …

Comentários no Facebook