terça-feira , 23 maio 2017

Vendedora capixaba é localizada em São Paulo, após quase dois meses desaparecida

vendedoracapixaba-desaparecidaA vendedora capixaba Lidiane Cardoso Braga, de 33 anos, que mora em São Paulo e estava sem manter contato com a família desde o início de janeiro, foi encontrada na manhã desta sexta-feira (26).

A informação foi publicada nas redes sociais pela irmã de Lidiane, Jessica Braga Cardoso, que aproveitou para a agradecer a todos que, de alguma forma, se empenharam para ajudar a localizar a vendedora. Jessica, no entanto, preferiu não entrar em detalhes sobre o aparecimento da irmã.

Lidiane mora em São Paulo há 12 anos, onde trabalha como vendedora. A última vez em que havia entrado em contato com a família foi no dia 7 de janeiro deste ano, às 14h30.

Por meio de uma rede social, Lidiane perguntava pela mãe, Maria do Socorro dos Santos Braga. Ela, no entanto, só respondeu à filha cerca de três horas depois, já que, na hora da mensagem, estava no médico.

A última vez em que mãe e filha haviam se visto foi em novembro do ano passado, quando Maria foi a São Paulo visitar Lidiane, que estava passando mal. Na ocasião, a vendedora comentou que queria voltar para casa, em Guarapari.

Nos últimos seis meses Lidiane morou com duas amigas, na região do Cambuci, em São Paulo. No início de janeiro, uma delas se mudou para Minas Gerais e a outra para o interior de São Paulo. Essa amiga contou para a familia que a vendedora teria se mudado para Cotia, na zona oeste da capital paulista.

Na quinta-feira, a mãe de Lidiane embarcou para São Paulo, justamente para tentar obter alguma informação sobre o paradeiro da filha.

Além disso, verifique

acidente-9

Pai de sacerdote de São Mateus morre em acidente na BR-101

O pai do sacerdote João Custódio Cosmi Cunha, vigário paroquial de São Mateus, morreu no acidente …

Comentários no Facebook