sexta-feira , 20 janeiro 2017

Suspeitos de envolvimento na morte de nutricionista são agredidos em presídio em São Mateus

rafaelOs suspeito de envolvimento no roubo de veículo e assassinato da nutricionista capixaba Camila dos Santos Lopes, de 29 anos, foram agredidos por outros presos no Centro de Detenção Provisória de São Mateus.

A agressão contra Rafael de Jesus Lima, autuado por por latrocínio, receptação e adulteração de veículo, e Anderson Vieira Lopes, autuado por receptação, aconteceu na noite do último domingo (21).

A informação foi confirmada pela Secretaria de Justiça do Espírito Santo, que informou ainda que Rafael e Anderson passaram por exame de lesões e foram encaminhados para um hospital de Linhares. Apenas um dos presos teve fratura em uma costela, mas os dois foram liberados pelo médico de plantão.

A unidade prisional abriu um processo administrativo para apurar a agressão.

Por questões de segurança, Rafael de Jesus Lima, Anderson Vieira Lopes e José Júnior Lopes Santos foram transferidos para o Centro de Detenção Provisória da Serra. Os suspeitos de envolvimento na morte da nutricionista capixaba foram presos na última segunda-feira (22).

Suspeito executou nutricionista capixaba sem motivo, diz delegado

A prisão ocorreu por meio de uma ação conjunta da Policia Civil (PC), da Militar (PM), do Serviço Militar de Inteligência (SME), do Pelotão Emprego Tático Operacional (PETO) e Polícia Federal (PF) dos dois estados.

De acordo com a polícia, José Júnior Lopes Santos, de 24 anos, foi autuado por roubo qualificado e Rafael de Jesus Lima, de 25 anos, responderá por latrocínio, receptação e adulteração de veículo automotor. Já Anderson Vieira Lopes, de 30 anos, foi autuado por receptação.

A nutricionista estava desaparecida desde a última quinta-feira (18), após sair da casa de uma prima. O corpo de Camila foi encontrado em uma estrada de terra entre São Mateus e a cidade de Conceição da Barra, na tarde do último sábado (20).

O grupo era investigado por crimes de roubo de veículos e falsificação de documentos no Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais. Durante os trabalhos, os policiais confirmaram que duas pessoas da quadrilha estariam diretamente envolvidas na morte da jovem capixaba, que seriam José Júnior e Rafael.

Além disso, verifique

face_travesti_2_x

Travesti é furtada em motel e posta fotos do cliente por vingança

Uma travesti que trabalha como garota de programa em Praia Grande, no litoral de São …

Comentários no Facebook