quarta-feira , 18 janeiro 2017

Dupla matou nutricionista de São Mateus para vender carro por R$ 4 mil

b1-4229799Os acusados de matar a nutricionista Camila dos Santos Lopes, de 29 anos, confessaram que o carro da vítima foi vendido pelo valor de R$ 4 mil.
Rafael de Jesus Lima, 25 anos, e José Júnior Lopes Santos, 24 anos, foram presos e encaminhados para o CDP de São Mateus. Rafael vai responder por latrocínio – assalto seguido de morte – e adulteração de veículos, e José Júnior foi autuado por roubo qualificado.
A dupla saiu de Teixeira de Freitas, na Bahia, na quinta-feira de manhã. “Eles nunca tinham roubado carros juntos. Um dia antes, o Rafael falou: você tem coragem de roubar um carro comigo? O José Junior topou”, contou o delegado Renan Albuquerque, da delegacia de São Mateus.
Assim que chegaram a São Mateus, às 10 horas, os dois ficaram parados no Mercado Municipal por horas, mas não encontraram uma oportunidade para cometer o crime.
“Depois, foram na praça do cinema mas não viram oportunidade para o roubo. Foi então que estacionaram em frente à igreja São Benedito e encontraram a nutricionista”, disse Albuquerque. Rafael estava armado e foi abordar a vítima, enquanto Júnior ficou esperando no outro carro, um Ford Focus, para dar cobertura à fuga.
“Quando ela entrou no carro, ele (Rafael) entrou no banco de trás e colocou a arma nela. Passou em frente ao carro em que Júnior estava e mandou ele seguir. Pegaram a BR sentido a Bahia”, explicou o delegado.
Depois de percorrerem cerca de 5 quilômetros, o veículo roubado começou a dar sinal de que a gasolina ia acabar, já na altura do Bairro Litorâneo. “Nesse momento o Rafael deu R$ 40 para o Júnior buscar gasolina em São Mateus, e disse que, enquanto isso, ia soltar a Camila no meio dos eucaliptos. Só que não fez isso. Ele mandou Camila sair do carro e mandou ela entra no mato.
Então, disse que virou o rosto e atirou, sem a intenção de matar ”, frisou o delegado.
De volta à BR 101, Rafael reencontrou com Júnior. Eles voltaram para a cidade baiana, onde o dono de uma loja de carros já aguardava para comprar o carro pelo valor de R$ 4 mil.
Os policiais chegaram até os acusados depois de terem acesso às imagens de câmeras de videomonitoramento de casas e lojas do centro de São Mateus. O carro da jovem e a arma usada no crime, um revólver calibre 38, foram localizados.
Fonte: Gazeta Oline

Além disso, verifique

vereador-preso

Preso e algemado, vereador reeleito toma posse em Minas Gerais

Algemado e com o uniforme do sistema prisional, o vereador Ronilson Marcílio Alves (PTB), de …

Comentários no Facebook