quarta-feira , 29 março 2017

CÂMARA RECOMENDA PARCERIA GOVERNO-MUNICÍPIO PARA IMPLANTAÇÃO DE SALA DE COORDENAÇÃO E CONTROLE DA MICROCEFALIA

Original Title: Aa_FC3_58a.jpg
Por meio de ofício encaminhado ao governador Rui Costa na manhã desta sexta-feira (12), o presidente da Câmara de Mucuri, José Mendes Fontoura – Zé do Boi – recomenda, em caráter de urgência, a instalação de uma Sala de Coordenação e Controle da Microcefalia em Mucuri e adjacências, para atendimento a cidades do baixo Extremo Sul, nos moldes de providências que já vêm sendo adotadas em outros municípios, como em Itabuna, por exemplo.

De acordo com o vereador, a unidade seria implantada pelo Governo do Estado e teria seu funcionamento em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, dentro da finalidade de gerenciar e monitorar as ações de mobilização e combate ao mosquito Aedes aegypti para o enfrentamento da microcefalia, além das arboviroses dengue, chikungunya e o zika vírus.ze do boiZé do Boi destaca que o governo estadual vem tomando tal providência acertadamente, de acordo com o criterioso modelo adotado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, envolvendo amplo trabalho de mobilização social de escolas, comunidades, Poder Judiciário e Ministério Público, além da Prefeitura e Câmara Municipal, com definição de estratégias; planejamento e execução de ações e prestação de assistência necessária às gestantes, vítimas do zika vírus, tido como responsável pelo aumento de casos da má formação congênita de bebês.

Para o presidente da Câmara, é de causar espanto mesmo saber que a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) já notificou, de outubro de 2015 até 9 de fevereiro deste ano, nada menos que 701 casos de microcefalia. “A situação é grave e exige medidas urgentes”, ressalta Zé do Boi.

Além disso, verifique

reud-1200x545_c

Vereadores pedem esclarecimentos à Suzano sobre contratação de mão de obra local

Preocupado com o alto índice de desemprego e atendendo a um recorrente questionamento da população …

Comentários no Facebook