terça-feira , 30 maio 2017

Neném Burrão, Léo Bebezão, Rosinha, Cara de Queijo… Veja quem são os bandidos mais procurados do Espírito Santo

lista-10mais-2016A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) divulgou nesta quarta-feira (27) a primeira lista do ano dos dez bandidos mais procurados do Espírito Santo. De acordo com a secretaria, todos os procurados são homens acusados de homicídios, tráfico de drogas ou ambos os crimes. Com a publicação das fotos dos suspeitos, a Sesp espera contar com a ajuda da população para prendê-los.

Entre os criminosos presentes na lista está o confeiteiro Edgar Barreto Santos, de 30 anos, acusado de matar a ex-cunhada em São Marcos, na Serra, para se vingar da ex-companheira. Segundo a polícia o crime, ocorrido no dia 30 de agosto do ano passado, foi detalhadamente planejado pelo suspeito, que continua foragido desde então.

Edgar inclusive já constava na última lista divulgada pela Sesp, em setembro. Atualmente, ele é apontado pela secretaria como o quinto homem mais procurado do Estado.

Outros suspeitos de homicídios que estão entre os mais procurados pela polícia capixaba são Edinei Marques Gregório, o “Dineu”, de 34 anos; Paulo Cezar Cagliari Guimarães, de 50; Walasson Queiroz Novais, o “Rosinha”, de 27; Diego Pereira de Souza, o “Diego Patrão”, de 26; Agno Rangel Machado, de 26; e Marlon de Oliveira Lopes, vulgo “Neném Burrão”, de 19.

Também aparecem na relação divulgada pela Sesp Teles Tongo Almeida, de 25 anos; Giovani Otacílio de Souza, também conhecido como “Pará”, “Paraíba”, “Cara de Queijo”, “Bob Esponja” ou “Magrão”, de 34; e Leonardo Elisário Neves, vulgo “Léo Bebezão” ou “Léo Boladão”, de 22. Os três, segundo a secretaria, são acusados de envolvimento com o tráfico de drogas.

Alguns suspeitos já foram localizados e detidos pela polícia. São os casos de César Willian de Oliveira Azevedo, o “Cezinha”, de 28 anos; Guilherme Vicente de Souza, o “T.U.”, de 22; e Ronalt Luciano Cardoso, o “Toca”, de 28. Todos eles respondem por homicídio.

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a polícia a chegar até os suspeitos que continuam foragidos deve entrar em contato com o disque-denúncia, por meio do telefone 181. Não é preciso se identificar e o sigilo é absoluto.

Fonte: Folha Vitoria

Além disso, verifique

golpe-5128642

Conheça os golpes que mais tiram dinheiro dos idosos

    Uma carta prometendo aumento na aposentadoria, uma notificação de que um dinheiro do …

Comentários no Facebook