sábado , 25 março 2017

Cipe-Mata Atlântica prende acusado com arma e chega à residência onde havia arsenal em Nova Viçosa

arsenald-1200x545_cNo final da tarde desta quinta-feira, dia 28 de janeiro, policiais da Cipe-Mata Atlântica, abordaram um indivíduo em atitude suspeita, que estava em posse de a arma de fogo. Questionado sobre a procedência da arma, o mesmo informou que havia comprado na mão de um indivíduo conhecido como “Gil”, e que o mesmo comercializava armas de fogo em sua residência. Diante da informação, a guarnição empreendeu diligência para averiguar a veracidade dos fatos, e ao chegar no local informado, foram avistados pelos Gil, quem empreendeu fuga pelos fundos.

O suspeito, posteriormente identificado como Jinailton Oliveira da Silva, mais conhecido como “Gil”, deixou para trás uma espingarda calibre 12, com numeração raspada, a qual foi apreendida. Dando prosseguimento à diligência, militares revistaram a residência e o estabelecimento comercial, localizado à rua Valdomiro Alves de Jesus, no centro de Nova Viçosa. O conduzido foi identificado como Rosival Nascimento de Oliveira, de 50 anos de idade, morador da rua Barra Velha, também em Nova Viçosa. A diligência resultou em uma grande apreensão de armas e munições e além da espingarda calibre 12, também foi apreendido um revólver calibre 38, com numeração suprimida.

Além das asmas, os militares apreenderam a quantia de R$ 11.040,00 em espécie, aproximadamente 45 gramas de crack, cinco celulares das marcas Samsung, Nokia, e Sony, uma caixa de munições calibre 22, com 60 munições, 07 caixas de espoletas, 18 espoletas a granel, 700 gramas de chumbo grosso, 01 tubo de pólvora branca, 308 tubos de pólvora negra, 23 cartuchos calibre 28, 21 cartuchos calibre 20, 12 estojos calibre 20, 14 cartuchos calibre 36, 15 cartuchos calibre 38 intactos e um simulacro de pistola. Além do verdadeiro arsenal, foram apreendidos diversos objetos de origem duvidosa.

Foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil de Nova Viçosa, câmeras fotográficas, máquinas digitais, carregadores, caixa de som, duas máquinas e cartelas de estimulantes sexuais. Todo o material foi apresentado ao delegado Maderson Dias, juntamente com o acusado Rosival. O delegado Maderson ouviu os policiais e o acusado preso, que foi flagranteado por crime receptação, porte ilegal de arma de fogo e munição, além de tráfico de drogas. O Rosival segue custodiado à disposição da Justiça e a polícia continua realizando diligências objetivando prender o suposto dono do arsenal identificado como Jinailton Oliveira da Silva, o “Gil”, que permanece com paradeiro incerto. (Por Tyago Ramos)

Além disso, verifique

acad7-1200x545_c

Academia Teixeirense de Letras celebra os 170 anos de Castro Alves e premia melhores poetas e cronistas em sessão solene memorável

A aTL – Academia Teixeirense de Letras celebrou o 170º aniversário de nascimento de Castro …

Comentários no Facebook