domingo , 28 maio 2017

Execução: “Moysezão” foi morto com 4 tiros à queima roupa

moyd-1200x545_cO assassinato aconteceu no início da noite desta terça-feira, dia 22 de dezembro, na rua Uirapuru, em frente ao número 202, no Monte Castelo, próximo do trevo de acesso ao perímetro urbano de Teixeira de Freitas e a vítima foi Moysés Gonçalves Pereira, o “Moysezão”, de 46 anos, que morava na rua Rio Negro, no mesmo bairro onde acabou sendo morto.

Durante os exames de necropsia, feitos no Departamento de Policia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), os médicos legistas constataram que “Moysezão” foi morto com quatro disparos de arma de fogo, possivelmente revólver calibre 38, disparados de curta distância, sendo um no peito, um na face (nariz), um na clavícula e o último na região do pescoço.

Segundo testemunhas que estavam no momento em que ocorreu o crime, mas se afastaram rapidamente para não serem atingidas, o assassino chegou em um Celta, de cor preta, de placa não anotada, desceu calmamente, foi em direção à vítima e efetuou os disparos. Logo depois o pistoleiro retornou ao veículo e fugiu. Os tiros foram dados à queima roupa e o assassino sequer teve a preocupação de implementar alta velocidade no carro para escapar.

A vítima, Moysés Gonçalves Pereira, o “Moysezão”, de 46 anos, não teve tempo de esboçar qualquer reação, nem ao menos de fugir e caiu ao lado do veículo em que dirigia. Ele caiu com as chaves numa das mãos.

Foram criados diversos comentários na cidade, já que o pecuarista “Moysezão” era amigo do empresário Vitor Aguiar, também assassinado com um tiro de revólver calibre 38, crime ocorrido na madrugada do último sábado, dia 19 de dezembro. Apesar da polícia não enxergar ligação entre os dois crimes.

O assassinato de “Moysezão”, que também era amigo de muitos políticos da região, segue sendo investigado pelo delegado Kleber Gonçalves, titular da Polícia Civil no município de Teixeira de Freitas. (Por Ronildo Brito)

Além disso, verifique

hartung-5123762

Foto de Hartung em Paris repercute nas redes sociais: é verdade?

O dia da Colonização do Solo Espírito-Santense não foi animado apenas em Vila Velha. Na …

Comentários no Facebook