segunda-feira , 27 março 2017

Estudantes de São Mateus cobram diálogo com Hartung sobre Escola Viva

escola viva
Durante comprmisso de agenda no município de São Mateus, norte do Estado, o governador Paulo Hartung (PMDB) foi abordado por um grupo de estudantes que ocupa a Superintendência de Educação no município desde a última segunda-feira (7). Os alunos protestam contra a forma antidemocrática de implantação do programa Escola Viva na escola estadual Marita Motta.

A abordagem aconteceu na manhã desta quinta-feira (10) quando o governador, acompanhado de autoridades, visitava as obras do Hospital Meridional São Mateus, que é da rede privada. Ao saber da agenda do governador na cidade, os estudantes se dirigiram para o local. Eles contaram que a Polícia Militar, inicialmente, tentou impedí-los de entrar no evento.
Mas, vencido o cerco, os estudantes conseguiram se aproximar do governador para tentar reverter a implantação do programa Escola Viva no município. Hartung disse que não pretende retroceder na expansão do Escola Viva e não demonstrou preocupação com as demais unidades de ensino em situação precária no Estado – outra queixa da comunidade escolar.
Os estudantes cobraram a abertura de um canal de diálogo com o governo para discutir uma forma mais democrática de implantação programa e tiveram sinalização positiva do governador. Na próxima segunda-feira (14), o subecretário de Educação, Eduardo Malini, vai a São Mateus para ouvir as reivindicações dos alunos.
A Superintendência de Educação no município foi ocupada na última segunda-feira (7) depois que o governo do Estado decidiu implantar o programa Escola Viva na escola Marita Motta, que tem 1300 alunos, mesmo após a comunidade escolar rejeitar a proposta.

Além disso, verifique

Suzano unidademucuri

Parada Geral na Suzano Papel e Celulose movimenta R$ 1,7 milhão na economia local

Entre os dias 31 de janeiro e 09 de fevereiro a Suzano Papel e Celulose …

Comentários no Facebook