domingo , 22 janeiro 2017

Polícia responde com bala de borracha a protesto contra contaminação de lagoas por lama da Samarco/Vale

protestoponteMais de dez pessoas ficaram feridas por balas de borracha em um protesto realizado na manhã desta sexta-feira (27), na altura do quilômetro 35 da rodovia ES 248, que liga o município de Linhares a Colatina. Sem terras fecharam a rodovia para chamar atenção do poder público contra a contaminação de duas lagoas pela lama da Samarco/Vale.

Os manifestantes são do assentamento Sezínio Fernandes de Jesus, onde moram cerca de 140 famílias. Eles cobram providências em relação à situação do rio Doce e apontam riscos dos rejeitos de minério atingir as lagoas Terra Alta e Terra Altinha, em Linhares.
Os sem terras relatam que após duas horas do início do protesto, quando já estavam em negociação com o secretário municipal de Agricultura, Mauro Rossoni Júnior, a tropa de choque da polícia repreendeu os manifestantes com balas de borracha. Havia, entre eles, mulheres grávidas e crianças.
Neste momento, os sem terras correram para uma área próxima e, mesmo assim, a polícia continuou a desferir os tiros. Os casos mais graves passaram por exames de corpo de delito na tarde desta sexta.
Enquanto os feridos estavam na delegacia de Linhares, a prefeitura iniciou uma obra para conter o rio Doce e impedir que lama chegue às lagoas. A administração do prefeito Nozinho Correa (PDT) irá fazer uma barragem no local, assim como fez para separar o rio Doce do rio Pequeno, onde tem sido feita a captação para o abastecimento de água da população.
O crime do rompimento da barragem da Samarco/Vale em Mariana (MG) decretou a morte do rio Doce. Além de dizimar inúmeras espécies, a água do manancial foi classificada como imprópria para consumo, por apresentar alta concentração de metais como ferro, arsênio e chumbo. Nesta sexta, porém, a prefeitura liberou o uso da água para irrigação, o que foi motivo de críticas da sociedade civil e de especialistas.

Além disso, verifique

apes04

Com a presença de Quitéria Léo Brito é eleito presidente da APES para o biênio 2017/2018

Na tarde desta sexta-feira, dia 20 de janeiro, aconteceu a eleição da nova diretoria da …

Comentários no Facebook