terça-feira , 23 maio 2017

Noite de festa para Guarda mirim de Itabatan que relizou formatura de vários jovens na noite deste sábado

IMG_4968O evento de formatura que seria na praça João Carllete, começou por volta das 19:00h deste sábado, 31 de outubro de 2015, na primeira igreja batista de Itabatan, a mudança de local foi em respeito a morte de Sivaldão do bar, que residia na referida praça.

39 jovens formandos receberam seus certificados das mãos de autoridade presentes, como capitão Silvio Nunes, comandante da companhia independente de Itabatan,  do vice presidente da câmara, Carlos De Jesus Brito, Firmino Griffo Ribeiro (Tixa), o chefe de gabinete da prefeitura de Mucuri, Silvio Kleber (Silvinho) a presidente da guarda mirim, Maria José Teodora, o pastor Elifio Evangelista Morais Junior, da primeira igreja batista de Itabatan e o vereador e padrinho da GMI Edison Silva Mattos o sula policial.IMG_4975Em seu discurso Sula falou da importância da entidade guarda mirim para o município de Mucuri, o vereador lembrou que ele faz parte da guarda mirim desde quando ela nasceu em Itabatan, o parlamentar ainda destacou a importância que esta entidade tem na vida de cada jovem que pela guarda mirim teve a oportunidade de passar.FORMATURA01

Firmino grifo Ribeiro, o seu Tixa se lembrou de historias lá do inicio da guarda mirim, o Tixa destacou que a GMI dar o primeiro passo na formação de futuros profissionais e grandes cidadãos.TIXA O chefe de gabinete da prefeitura de Mucuri, Silvio Kleber o Silvinho, representou o prefeito Paulinho De Tixa que esta em viagem. Silvinho falou da importância do convenio da prefeitura com a guarda mirim, o secretario perenizou o Vereador Sula pelo seu desempenho para com a entidade e os comerciantes por ter acreditado nos jovens da GMI.SILVINHOO capitão Silvio Nunes, disse que jovens que passam pela GMI aprendem disciplinas para se tornarem grandes cidadãos e profissionais de sucesso, o capitão ainda ressaltou que espera ver boa parte desse formandos na policia militar.SILVIOO vice-presidente da câmara Carlos De Jesus Brito, representou a casa legislativa e parabenizou o colega vereador Sula policial, Brito Destacou ainda a importância da GMI para comunidade de Itabatan e ainda  lembrou que tanto a sociedade quanto o poder publico deve apoiar a GMI, pois o trabalho dessa entidade é de grande valia para o município.IMG_4978Após receberem os diplomas na primeira igreja Batista, na Avenida Minas Gerais, centro do distrito de Itabatan, os formandos foram agraciados com um jantar, que aconteceu no espaço alternativo no bairro cidade Nova

Sobre a Guarda Mirin de Itabatan

Foi exatamente no dia 16 de março de 2002 que a GMI passou a existir de fato e de direito, fundamentada em seu objetivo de acolher crianças e adolescentes, dos 8 aos 16 anos de idade, para a prática do bem, da ordem e da cidadania, por meio de

orientações comportamentais, atividades sociais, cursos profissionalizantes e, principalmente, noções de vida. Com essa perspectiva, vislumbrava-se afastar esses futuros cidadãos dos males inseridos na sociedade, como a ociosidade, consumo de drogas e ingresso no mundo da marginalidade e do crime.

Hoje, 13 anos depois, de forma inquestionável, pode-se afirmar, categoricamente, que a GMI cumpre o seu papel socioeducacional e – mais ainda – já se revela como organismo que acolhe, orienta, protege, ensina, restaura e transforma.

Graças à Guarda Mirim, crianças e adolescentes que até pouco tempo atrás poderiam ser vistas – até de forma preconceituosa por alguns – como meras criaturas sem oportunidades, sem estímulos e distantes de qualquer horizonte de crescimento pessoal e profissional, atualmente são cidadãos e cidadãs integradas no contexto social do distrito de Itabatã, de todo o município de Mucuri e até de cidades vizinhas.

Em nosso cotidiano, não são poucos os egressos da Guarda Mirim que hoje são profissionais liberais, servidores públicos, pequenos e microempreendedores, lideranças comunitárias e religiosas, enfim, pessoas que amadureceram e constituíram famílias, honrando nossa sociedade.

E se alguém perguntar a cada um desses ex-integrantes da GMI qual a importância da entidade, ouvirá de todos eles a mesma resposta: nessa caminhada, a Guarda Mirim foi fundamental, essencial, imprescindível no direcionamento de suas vidas para o bem, para o respeito à ordem, para os valores morais, familiares e cristãos.

No transcorrer desses anos, a GMI ampliou o seu raio de ação, incorporou valores, sendo um deles a banda de música, que hoje abrilhanta solenidades cívicas no Município e em localidades vizinhas, merecendo elogios a cada apresentação.

Os bons frutos colhidos até agora confirmam a boa semeadura. Daqui por diante, novas sementes continuarão a ser lançadas no solo da esperança de dias melhores, e com certeza brotarão outros frutos abençoados, oriundos de novos troncos e galhos.

Por Bruno Silva

Além disso, verifique

pc goiais

Mãe e padrasto matam filho, lançam corpo no mato e denunciam sequestro

Horas após denunciar à Policia Civil de Goiás um suposto sequestro do filho, Antônio Jorge …

Comentários no Facebook