sexta-feira , 20 janeiro 2017

Lama que vazou de barragem deve chegar ao Oceano Atlântico na sexta-feira

Lama no atllanticoA lama que vazou da barragem da mineradora Samarco na cidade de Mariana deve chegar ao Oceano Atlântico nesta sexta-feira (20), no litoral do Espírito Santo. Segundo informações divulgadas pelo Ibama nesta terça-feira (17), a previsão inicial era que os rejeitos da empresa de Minas Gerais só chegassem à foz do Rio Doce no domingo, mas eles passaram a se deslocar com mais velocidade.

O Instituto já multou a Samarco em R$ 250 milhões na semana passada pela catástrofe ambiental, no entanto, novas penas com valor máximo de R$ 50 milhões podem ser aplicadas. “A lama poderá chegar de forma mais amortecida (ao mar), mas alguma coisa vai chegar, certamente.

Estamos nos preparando para o pior, que é chegar um nível de turbidez elevado e isso impactar na ictiofauna, na fauna que vive nessas áreas úmidas, ou até uma impossibilidade de captação e abastecimento de água em Colatina”, avalia a presidente do Ibama, Marilene Ramos, em entrevista ao jornal O Globo.

O instituto já aplicou cinco multas no valor de R$ 50 milhões à mineradora. Elas se referem à interrupção no abastecimento de água em Governador Valadares, morte de espécies, destruição de áreas urbanas, risco à saúde humana e lançamento dos rejeitos no Rio Doce.

Ainda de acordo com o jornal O Globo, outras cinco multas também podem ser aplicadas por contaminação da foz do rio, ambientalmente sensível e com áreas de reprodução de tartarugas e de formação de ninhos de aves; ameaça às espécies de peixes na zona costeira; falta de água em Colatina; impactos nos reservatórios de usinas hidrelétricas; e contaminação de unidades de conservação.

Além disso, verifique

delegacia-jp

Mulher pula de segundo andar para fugir de agressão do marido

Uma mulher pulou do segundo andar de uma casa para fugir das agressões do marido …

Comentários no Facebook