quarta-feira , 24 maio 2017

Para enfrentar crise hídrica, Prefeitura de Mucuri perfura cisterna em maior colégio do município

cisternad-600x330Não é novidade que o país atravessa a mais grave crise hídrica de todos os tempos. E seus efeitos também estão sendo sentidos em Mucuri. Algumas residências já passam períodos sem abastecimento de água e escolas enfrentam o problema. A Prefeitura de Mucuri chegou a dar recesso escolar de cinco dias para analisar a situação em todas as escolas.

O caso mais grave foi encontrado no distrito de Itabatã. A Escola Municipal Frei Ronaldo, que atende o maior número de estudantes do município, ganhou nesta semana um reservatório subterrâneo de água potável, chamado de cisterna.

Encontrar água potável no subsolo não foi tarefa fácil. Foi preciso realizar uma perfuração de 16 metros. E o trabalho foi ainda mais difícil devido o terreno. A equipe de operários encontrou uma área pedregosa. Foram precisos 12 dias de trabalho intenso para a realização da obra. Agora, são 3 m de água potável disponível aos estudantes, mas a Prefeitura quer aumentar este volume para 5 m.

A situação do abastecimento de água no município, assim como em boa parte do país, é crítica. Na sede do município, e nos distritos de Itabatã e Taquarinha, o abastecimento de água é de responsabilidade do Governo do Estado, através da Embasa. Já nos povoados e zonas rurais é a Prefeitura quem administra. A Prefeitura de Mucuri está trabalhando há duas semanas na perfuração de poço artesiano no povoado de 31 de Março, onde a situação é a mais preocupante dentre as zonas rurais. (Com informações de Flávio Poubel)

Além disso, verifique

ruberval a walter pinheiro

NOVA VIÇOSA NO PROGRAMA PRIMEIRO EMPREGO: RUBERVAL PROTOCOLA PEDIDO

A inserção dos jovens do município de Nova Viçosa no programa Primeiro Emprego foi solicitada …

Comentários no Facebook