sábado , 29 abril 2017

Cerca de 75 mil pessoas devem ficar sem água em São Mateus

falta agua SAMAOs efeitos da seca na região Norte do Estado é cada vez mais preocupante. A distribuição de água no município de São Mateus está suspensa desde a noite de quinta-feira (01) por que o nível do Rio Cricaré, de onde é feita a captação, está muito baixo e a água do mar invadiu o ponto de captação, deixando a água com alto índice de salinidade, com sabor salgado, ficando imprópria para o consumo.

De acordo com o diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) Luiz Carlos Sossai, “o índice de salinidade permitido pelo Ministério da Saúde é de 250 ppm (partícula por milhão) e, em determinados momentos do dia, estava chegando a mais de mil ppm.

Enquanto a maré não recuar ou enquanto não chover o problema não será resolvido”, informou. Ainda segundo Sossai, uma solicitação foi encaminhada à 4ª Vara da Fazenda Pública de São Mateus para que a água volte a ser distribuída para atender às necessidades básicas da população.

“A pedido dos moradores, estamos tentando junto ao juizado de São Mateus e Ministério Público uma autorização para liberar a água pelo menos para usar na limpeza. A justiça pediu para apresentarmos mais documentos técnicos. Enquanto a justiça não permitir, o município continuará sem água”, explicou.

Moradores buscam água em nascentes

Para garantir um pouco de água pelo menos para as necessidades principais, moradores de vários bairros madrugaram neste sábado (03) para conseguir o disputado recurso natural nas nascentes e bicas da cidade.

“Acordamos de madrugada e estamos enfrentando fila desde às 5 horas para pegar água. Não tem como beber água salgada”, disse o moto frentista Sebastião Rosa.

Segundo o operador de radiocomunicador Gregório Duarte, as nascentes ainda são as únicas alternativas para conseguir água. “Ficamos mais de duas horas na fila. Mas graças a Deus que temos essas fontes, senão não teríamos nada”.

Venda de água triplica

Sem água potável nas torneiras o mateense também está recorrendo às distribuidoras. Segundo o comerciante Nixson Zanelato Santana, as vendas em seu comércio aumentaram significativamente nos últimos dias. “De quinta-feira a noite até a manhã de hoje (sábado) as vendas triplicaram. Estou contando com mais cinco entregadores para dar conta de atender ao público”, disse.

 

Escolas podem ficar sem aula

A secretaria Municipal de Educação de São Mateus informou que cerca de 20 mil estudantes de 109 escolas poderão ficar sem aula a partir de segunda-feira (05). A secretaria aguarda o posicionamento da justiça sobre a autorização para liberar a distribuição de água nos próximos dias para então definir se as aulas seguirão normalmente. Ainda de acordo com a secretaria, as escolas ainda possuem água potável para ingestão.

 

 

Além disso, verifique

prefeito de Colatina

Homem com facão tenta invadir apartamento de prefeito de Colatina

Um homem armado com um facão tentou invadir o apartamento do prefeito de Colatina, Sérgio …

Comentários no Facebook